Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
 
 
 
 Histórico
 Clipe institucional
 Palavra do Presidente
 Diretoria
 
 

 

    

HISTÓRICO

A primeira sede foi na casa da Sra Isoldi Chies uma das Fundadoras, atualment a sede é alugada, Av Rio Branco 360, Bairro São Pelegrino. 

 

Histórico Associação dos Renais Crônicos de Caxias do Sul – RS.

A Associação dos Renais Crônicos de Caxias do Sul – RIMVIVER foi criada em 27 de junho de 1993 como núcleo da Associação dos Renais Crônicos do Rio Grande do Sul – Pró Rim, denominado Núcleo da Região Nordeste, por familiares de pessoas com insuficiência renal crônica  que realizavam encontros e se reuniam em suas residências, com o objetivo inicial de conhecer a doença, bem como à busca de melhores condições de tratamento para as pessoas com este diagnóstico.

    Em 1996 criou seu próprio Estatuto passando a denominar-se Associação dos Renais Crônicos da Região Nordeste do Rio Grande do Sul.

   Em 2004 alterou seu Estatuto denominando-se Associação dos Renais Crônicos de Caxias do Sul, atuando como Entidade Civil, sem fins lucrativos, com personalidade jurídica. Tal mobilidade permitiu maior interação com as associações de renais no país, com as quais passou a trocar experiências e inteirar-se de forma mais completa sobre a patologia e suas conseqüências, integrando-se também ao contexto nacional, expandindo desta forma seus conhecimentos e qualificando sua atuação socioassistencial do município, realizando encaminhamentos a fim de acessar benefícios aos usuários que se encontram em situação de vulnerabilidade e risco social.  

  Dois anos após, consciente que a insuficiência renal crônica não atingia apenas questões orgânicas do paciente, mas acarretava problemas emocionais e sociais a este e a sua família, a entidade com o auxílio de alguns acadêmicos de administração da Universidade de Caxias do Sul, implantou o projeto RIMVIVER tendo como missão a integração e a inclusão social da pessoa com insuficiência renal crônica, criando um espaço para atendimento a este público. 

Assim a Associação tem como prioridade atender as pessoas com insuficiência renal crônica e seus familiares, sem distinção. Através de Convênios com o Município, o Estado, Empresas Privadas, e doações da Comunidade angaria recursos para sua manutenção. Cabe registrar a importância do trabalho voluntário, são pessoas não remuneradas e sem vínculo empregatício que se integram à Entidade. 

Há campanhas nas comunidades para conscientização de doação de órgãos, palestras nas UBS (Unidades Básicas de Saúde) para um público específico de risco e Escolas de 2º Grau visando à prevenção da doença renal. 

Cabe registrar a importância do trabalho voluntário, são pessoas não remuneradas e sem vínculo empregatício que se integram à Entidade. 

Integrou-se à Associação Nacional dos Renais Crônicos, visando ampliar o conhecimento na busca de conhecimento sobre a doença renal a Associação passou a participar de Congressos, levando o nome da entidade e trazendo conhecimento e troca de experiência com as demais entidades do Estado e do Brasil.  

A entidade participou de Congressos Estaduais e Nacionais:  Passo Fundo (RS), Novo Hamburgo (RS), Caxias do Sul (RS), Uberlândia/MG, Águas de Lindóia/SP;

• No ano 2001, em Brasília - DF – Fórum da ABCDT (Associação Brasileira de Centros de Diálise e Transplante);

• Em São Paulo , 1º Congresso Brasileiro de Renais Crônicos;

 

• Em Belém do Pará, no 1º Encontro de Renais Crônicos;

• Em Belém do Pará, no 2º Encontro de Renais Crônicos;

• Em 2003, em São Paulo, no Primeiro Encontro de Psicólogos na área de Nefrologia e Transplantes;

• Em 2003, em Caxias do Sul/RS, a entidade organizou o 1º Encontro Gaúcho de Renais Crônicos, reunindo cerca de quinhentos pacientes renais;

• Em 2004, em Salvador (BA), Congresso Brasileiro de Nefrologia;

• Em 2005, em Bento Gonçalves (RS), no 2º Encontro Gaúcho de Renais Crônicos;

• Em Gramado (RS), no Congresso Mundial de Transplantes;

• Em Macapá (AP), no 1º Encontro de Renais Crônicos;

• Em 2012, em Camaquã (RS), na Comemoração dos 10 anos de Hemodiálise na Clínica Renal Camaquã;

• Em 2011,  Macapá (AP), no 2º Encontro de Renais Crônicos do Amapá;

• Em 2012, Congresso Nacional de Nefrologia em São Paulo;

• Em 2012,  Encontro de Pacientes Renais na cidade de Pelotas RS.

A Associação dos Renais Crônicos de Caxias do Sul é ligada a diversas entidades, das quais recebe e troca informações, publicações, e demais assuntos de interesse comum.  As principais são:

• SBN (Sociedade Brasileira de Nefrologia);

• ABTO (Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos);

• ABCDT (Associação Brasileira dos Centros de Diálise e Transplantes) e

• SGN (Sociedade Gaúcha de Nefrologia);

• Fundação Pró Rim Joinville SC;ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) na Câmara    Setorial de Doação de Sangue, Órgãos e Tecidos.

Como entidade modelo no Estado participou na criação de várias Associações de Renais Crônicos no Rio Grande do Sul, nas cidades de Soledade, Vacaria e Bento Gonçalves e, fora do estado em Belém do Pará, Amapá e Brasília-DF. 

Em 2013 foi lançado Informativo dos 20 anos da Entidade.

Atualmente o presidente da Entidade é Evandro Pinho Neckel, eleito em 30 de Agosto de 2014 com mandato até agosto de 2016.